21 2578.4304
contato@assessoriadeimprensa.net
Notícias

. 06/11/2017 - Até que ponto o cliente tem sempre razão?

Assessoria de Imprensa: até que ponto o cliente tem sempre razão?
Embora todo mundo saiba que quem decide a estratégia final é o cliente, é importante o assessor sempre argumentar e pontuar as práticas de assessoria de imprensa de sucesso.

 

Por PressManager

 

Se o seu cliente de assessoria de imprensa pedir para você ligar na Redação de um jornal de grande circulação às 17h para uma pauta fria – que para ele é quente, você liga? Se um cliente insistir em um release que poderá ter uma repercussão negativa, você divulga? Tomara que não.

 

E sabe por que? Porque, embora o ditado diga que o cliente tem razão, sua experiência e olhar como assessor de imprensa precisam prevalecer. Só quem está no dia a dia do relacionamento com repórteres, produtores e editores é que sabe como a banda toca e o que de fato é uma pauta de sucesso.

 

Não se trata de derrubar a pauta do cliente e sim em parceria apurar mais dados para enriquecê-la com mais dados, de maneira que tenha mais chances de emplacar na imprensa. Ou seja, é importante que o assessor se posicione e apresente sempre bons argumentos para que a parceria empresa-cliente resulte em boas matérias.

 

Ah, é claro que podem surgir pautas de última hora, entretanto, para evitar que isso aconteça, vale a pena criar uma rotina de alinhamento semanal com o cliente, mesmo que seja apenas um call. Dessa forma, o assessor tem sempre a oportunidade de levantar novas pautas, planejar melhor a semana de trabalho e evitar correrias de última hora.

 

Nesse alinhamento vale inclusive apresentar relatórios com resultados parciais de como está o follow up das pautas, o que já foi publicado e as pautas que caíram. Quanto mais transparente a relação, mais satisfeito ficará o cliente.

 

Acesse o link http://www.pressmanager.com.br/assessoria-ate-que-ponto-o-cliente-tem-sempre-razao para ter acesso ao artigo na integra. A RioPress acredita no futuro dessa relação. E você?